expr:content='data:blog.isMobile ? "width=device-width,initial-scale=1.0,minimum-scale=1.0,maximum-scale=1.0" : "width=1100"' name='viewport'/> Cineasta Luiz Rangel: O Rock Contra o Crack

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

O Rock Contra o Crack



O que é o Crack?
Crack é uma mistura de cloridrato de cocaína, bicarbonato de sódio e água destilada, que resulta em pequeninos grãos, fumados em cachimbos. É mais barato que a cocaína, porém como seu efeito dura muito pouco, acaba sendo consumida em maiores quantidades, o que torna o vício muito mais caro. O crack leva 15 segundos para chegar ao cérebro e já começa a produzir seus efeitos: forte aceleração dos batimentos cardíacos, aumento da pressão arterial, dilatação das pupilas, suor intenso, tremor muscular e excitação acentuada, sensações de aparente bem-estar, aumento da capacidade física e mental, indiferença à dor e ao cansaço. Mas, se os prazeres físicos e psíquicos chegam rápido com uma pedra de crack, os sintomas da síndrome de abstinência também não demoram a chegar. Em 15 minutos, surge de novo a necessidade de inalar a fumaça de outra pedra, caso contrário chegarão inevitavelmente o desgaste físico, a prostração e a depressão profunda. Essa droga é seis vezes mais potente que a cocaína, o Crack provoca dependência física e leva á morte por sua ação fulminante sobre o sistema nervoso central e cardíaco.

A subsecretaria de Cultura de Gramado, interessada nas questões sociais e culturais voltadas para a juventude, pensou na organização de um evento envolvendo as bandas de Rock da cidade. Inicialmente foram convidados os representantes de cada banda, para reuniões afim de discutir a possibilidade da realização de um evento que envolve-se toda a galera das Escolas Municipal, Estaduais e Particulares, e com isso sensibilizar a sociedade para esse mal que assola o nosso País, o Crack. As reuniões foram muito positivas, músicos de outras cidades também se engajaram nessa proposta, os jovens influenciados pelas campanhas veiculas na mídia e, infelizmente pela constatação da problemática do vício de seus amigos, manifestaram o interesse em contribuir para que a realidade do Crack no Município e Região das Hortênsias fosse alterado. Logo a atividade imaginada pela Subsecretaria, transformou-se em um evento voltado para a conscientização da juventude dos malefícios causados pelo uso do Crack. Nascia então o Festival de Bandas Independentes de Gramado, em sua primeira edição tem como tema o Rock Contra o Crack, evento que envolverá cerca de 3.500 pessoas.

O Subsecretário Daniel Bertolucci fala sobre os Objetivos específicos do Projeto.
_ Desvincular a imagem do roqueiro de drogado
_ Divulgar o trabalho dos jovens ao público escolar, incentivando assim o nascimento de novos talentos.
_ Aproveitar o espaço escolar como formador de opinião para conscientizar alunos e professores da problemática da drogadição.
_ Mostrar que as políticas públicas possuem uma preocupação em proporcionar uma melhor qualidade de vida para sua comunidade.

As atividades do Projeto Rock contra o Crack, tiveram início com as itinerâncias nas escolas a primeira a participar foi a Escola Dr.Carlos Nelz o CAIC dia 27 de agosto, já no dia 03 de setembro foi a vez da Escola Estadual Caramuru, dia 09 de setembro a Escola Estadual Santos Dumont foi a contemplada, dia 16 de setembro, quem agitou foi a galera da Escola Vicente Casagrande, no dia 24 de setembro os alunos da Escola Senador Salgado Filho fizeram a festa e no dia 29 de setembro quem agitou foi a turma da Escola presidente Vargas.
A interatividade e a emoção das itinerâncias nas escolas contaram com a apresentação de esquetes teatrais desenvolvidas pelo grupo faces com a peça LIBERDADE,os atores são internos do Centro de Reabilitação Emanuel Região das Hortênsias, que apresentaram a realidade de um dependente químico, suas frustrações e o fundo do poço, com isso eles mostraram que nada nessa vida esta perdido, eles são a prova viva da superação contra o vício.

As palestras também fizeram parte deste projeto, na manhã da quinta-feira dia (24/09), a Brigada Militar a través do seu capitão Mauricio Ferro Correa, comandante da 1ª Compahia Turistica de Gramado, ministrou uma palestra sobre drogas para mais de 450 alunos da Escola Senador Salgado Filho, do Teatro Elisabet Rosenfeld, no Centro Municipal de Cultura, os alunos puderam sanar dúvidas e participaram de brincadeiras.

O lançamento oficial da Campanha do Rock contra o Crack, ocorreu no dia 30 de setembro, no Centro Municipal de Cultura, com a presença de autoridades municipais, entidades ligadas ao tratamento da dependência, órgãos de segurança, imprensa e comunidade. O subsecretário Daniel Bertolucci e a sua equipe, apresentaram todo o material gráfico da Campanha, incluindo camisetas, adesivos e botons, além das diretrizes a serem cumpridas, Os Centros de reabilitação CRERH e Desafio Jovem, ficaram responsáveis pela comercialização das camisetas, adesivos e dos botons,em uma casa montada da Rua Coberta. Toda renda será revertida para essas entidades, outra novidade foi anunciada pelo Subsecretário Daniel Bertolucci, a criação de um CD com músicas próprias das bandas participantes do projeto.

O rock Contra o Crack terá o seu festival de Bandas independentes de Gramado no dia 31 de outubro, com uma grande festa prepara pra você, o ingresso será 1Kg de alimento não perecível, as apresentações começarão às 15h no Skate Park de Gramado, os alimentos arrecadados serão repassados para as instituições de recuperação de dependentes químicos. A festa termina com o Show da banda Tequila Baby.
A Subsecretaria de Cultura de Gramado, acredita que no momento em que todos aderirem as causas coletivas, as soluções para as problemáticas se aproximam. Por isso que as atitudes não devem ser baseadas apenas nas informações, mas sim na cobrança de ações dos órgãos competentes e da nossa sociedade.
Promoção e Realização:
Subsecretaria de Cultura
Prefeitura de Gramado
Secretari de Educação
Agente Cultural:
ACTG
Apoio Institucional:
Câmara de Vereadores
Brigada militar
2ª Delegacia de polícia Regional de Gramdo
Delegacia de polícia de Gramado- Polícia Civil
Corpo der Bombeiros
Conselho Tutelar
Secretaria de Saúde
Secretaria de Integração Social
Secretaria de Obras e Viação
Desafio Jovem Comunidade Vale a Pena Viver
CRERH
NA- Narcóticos Anônimos
OREIS
Lions
Divulgação:
Grupo RBS – Crack Nem Pensar
Rádios: Pop Rock, Excelsior e Gramado FM
Jornais: Integração, Jornal de Gramado e Correio Gramadense
Gramado Site
Apoio Cultural:
LCR Imagem Produtora
Starsom
Studio Fábrica de Sonhos
Usina
Global Audiovisual

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.